#CiaQMudouDNome

K

#

D

Estamos nos divertindo.

  • Facebook - White Circle
A HISTÓRIA

Criada em 2010, com a necessidade do exercício criativo do fazer teatral, busca uma verticalização dos artistas envolvidos, de uma forma autoral e experimental. 

 

Nosso objetivo dentro dos trabalhos da #CiaQMudouDNome é o questionamento dos padrões estabelecidos e transposição através da arte. Nosso lema é fazermos a peça que gostaríamos de assistir e nos divertimos com os desafios da encenação.

 

Nossa missão é estimular o pensamento analítico sobre a sociedade, as artes cênicas como forma de transformação pessoal, aprimoramento e fusão outras linguagens artísticas.

 

Hoje a #CiaQMudouDNome realiza trabalhos para o CineSESC, para o Projeto CineClubinho que possui o desenvolvimento e inclusão da sétima arte para as crianças e jovens. Cotações de histórias e projetos que resgatam a cultura popular através de brincadeiras de ruas. ApontoTCHEKHOV, de Alfredo Tambeiro e direção de Fernando Neves, Cheio como um Ovo de Manoel Carlos Karan com direção de Sheylli Caleffi, Colibri O Ator Cego de Edgar Jacques com direção de Kleber Góes, (que já realizou apresentações e temporadas em São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Curitiba/PR, Campinas/SP, Santos/SP, São Carlos/SP entre outros). Seu mais novo trabalho o FORA DESSE MUNDO foi em parceria com o Grupo Arca, ao convite do Arthur Haroyan seu desafio foi dirigir 06 atores em um espetáculo de teatro físico falando sobre tema como: existencialismos, feminismo, submissão, poder, sagrado e homossexualismo. 

ApontoTCHEKHOV

Inspirado no livro Carta a Suvórin, de Anton Tchekhov, o espetáculo traz em cena os atores Alfredo Tambeiro e Kleber Góes 

Livremente inspirado no livro Cartas a Suvorin com direção de Fernando Neves. Baseado em fatos reais, o texto mostra a relação existente entre o dramaturgo Anton Tchechov e seu editor, Aleksei Suvorin, dono do jornal Novos Tempos, de São Petersburgo. Essa relação crescia à medida em que os contos eram publicados no periódico, e revela desde fatos da vida cotidiana até informações sobre as criações do autor.

CHEIO COMO UM OVO

Conto do escritor Manoel Carlos Karam que foi diretor do grupo Margem, o mais atuante em Curitiba no período da ditadura.

Texto atual, que brinca com o padrão de personagens das histórias de detetive para discutir a criação da própria história que estamos vendo em cena. Ele nos mostra os bastidores da criação de um escritor, os meandros de seus pensamentos, os caminhos possíveis para a trama e o momento em que eles surgem. Há sempre, nas obras deste escritor, uma metalinguagem implícita, camuflada, que nos coloca como co-autores ao nos revelar os pensamentos das personagens e do próprio escritor. 

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

COLIBRI O ATOR CEGO

PROJETO

“Os olhos dos cegos são as mãos, os surdos falam com as mãos." 

Edgar Jacques um artista que escreve e atua este conto convidou o Kleber Góes para dirigir Colibri O Ator Cego. Ao entrar no camarim de um teatro qualquer, o ator cego, antes de sua sessão em determinada noite, de repente depara-se com algumas pessoas que o observam. Depois de vencido o primeiro susto, o artista começa a dividir com a sua plateia algumas de suas histórias. No decorrer desse monólogo, quase diálogo, Colibri transmuta-se em criatura mitológica, tia velha e esnobe, e faz recitações de textos já apresentados em sua vida no palco.  

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

FORA DESSE MUNDO

“Fora Desse Mundo e a liquidez do ser."

Jessica Sckroch

O Grupo Arca embarca em sua segunda jornada. Com texto de Arthur Haroyan e direção de Kleber Góes a peça é situada em uma realidade paralela, sete pessoas vivem os assombros de sues lembranças. Cada uma carrega suas inquietações, suas razões e o porquê de estar em isolamento. 

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

PROJETO